Home do Site Gardencenter

BLOG

 

Como Cuidar de Orquídeas Sem Flor

quinta, 12 de setembro de 2019

Não importa a espécie, o tamanho, a cor ou o perfume, nós simplesmente não vivemos sem nossas queridas orquídeas. Elas alegram nossas casas, embelezam nossas mesas, presenteiam nossos amigos e arrancam suspiros e sorrisos. Mas o que fazer quando a floração dessas lindas plantas termina?

O término da floração de uma orquídea não significa que a planta esteja doente, nem que vá morrer. As flores se vão, mas a orquídea continua viva e florescerá novamente, geralmente dentro de um ano. Basta continuar cultivando a planta com os cuidados básicos de iluminação, ventilação, adubação e umidade. A seguir daremos algumas dicas para cuidar de suas orquídeas sem flor.

Haste floral: corto ou não corto?

Resultado de imagem para orquideas sem flor

A grande maioria das orquídeas não volta a florescer na mesma haste floral. Após as flores murcharem e caírem, a haste seca naturalmente e pode ser cortada. A exceção a esta regra é a orquídea Phalaenopsis. Após o término da floração, a haste pode continuar verde e gerar uma nova floração, através de ramificações do eixo principal. Além disso, podem surgir novos brotos na haste antiga, denominados kekis (palavra havaiana que significa bebê).

Luz

Resultado de imagem para orquideas sem flor amareladas

As orquídeas necessitam de muita luz indireta pra florescer adequadamente. Se você deixar o vaso em um local com pouca claridade, ela ficará com as folhas mais escuras e sofrerá para manter-se viva. Em contrapartida, deixa-las em um local com muito sol, poderá causar o amarelamento de suas folhas e até mesmo o surgimento de manchas escuras, que são queimaduras nas folhas. O ideal é procurar um local na sua casa onde a planta possa pegar diretamente o sol da manhã ou do fim da tarde. Caso opte por deixar a planta no jardim, debaixo da copa de uma árvore é o local perfeito, visto que ela pegará bastante luz difusa.

 

Adubação

 

Resultado de imagem para adubos orquideas

A utilização de adubos na orquídea é sempre um bom caminho para um bom florescimento. Os adubos podem ser químicos, orgânicos, ou mistos. No caso de adubos minerais, prefira utilizá-los dissolvendo-os em água, aplicando no substrato a cada 15 dias. Adubos orgânicos, como a torta de mamona e a farinha de osso são muito bons, pois contém elementos essenciais para o bom desenvolvimento das plantas.

Regas

Resultado de imagem para orquidea excesso de agua

Uma das principais causas de problemas para as orquídeas são as regas excessivas. Mesmo que, em sua maioria, sejam espécies oriundas de regiões tropicais, as orquídeas não aceitam água em excesso. Muita água pode causar o sufocamento e apodrecimento de suas raízes, que são essenciais para um bom florescimento. O melhor método para saber o momento certo de regar é colocar o dedo no substrato à 2 centímetros de profundidade. Caso esteja úmido, não regue. Regue somente quando o substrato já estiver seco.

 

https://www.cultivando.com.br/orquideas-sem-flores-o-que-fazer/

https://www.vamosreceber.com.br/2015/05/06/como-manter-as-orquideas-apos-a-floracao/

https://blog.plantei.com.br/como-cuidar-de-orquideas-apos-a-floracao/

Comente e participe:


Árvore da Felicidade - Símbolo de Alegria e Boa Sorte

sexta, 06 de setembro de 2019

Significado

No Japão, diz a lenda que a árvore da felicidade traz realizações, felicidade e boa sorte, basta passar por ela para ser “abençoado”. No entanto, para receber essas dádivas não se pode comprá-la simplesmente, é preciso ganhar de presente.

Existem dois tipos: uma com folhagens mais finas e recortadas com um tom de verde suave, considerada “fêmea”. E outra, com folhas mais arredondadas, similares as folhas de salsa e com um tom de verde mais escuro, considerada “macho”. Algumas pessoas acreditam que plantar o macho e a fêmea no mesmo vaso atrai sorte para a vida, afinal, equilibra as energias Yin e Yang e o equilíbrio entre o masculino e o feminino.

 

Detalhe árvore da Felicidade Macho

Folha árvore da felicidade macho. 

Imagem relacionada

Folha árvore da felicidade fêmea.

Plantio e Cuidados

A árvore da felicidade não é muito exigente com o substrato, o ideal é que seja uma mistura com boa quantidade de matéria orgânica rica em marco e micronutrientes, e com boa drenagem. Quando plantada diretamente no solo, é recomendável o plantio em locais onde não haja muito vento, já que suas folhas se desidratam facilmente.

Em relação ao sol e regas, a árvore da felicidade prefere ambientes com meia luz. As regas devem ser mais intensas no verão, duas ou três vezes por semana, e mais espaçadas no inverno, uma vez por semana. A falta de água murcha a planta e ocasiona a queda das folhas.

 

http://construindodecor.com.br/arvore-da-felicidade/

https://www.saberesdojardim.com/arvore-da-felicidade-simbolo-de-alegria-amor-e-boa-sorte/

https://flores.culturamix.com/dicas/como-cuidar-da-arvore-da-felicidade

Comente e participe:


Expoflora

sexta, 30 de agosto de 2019

O que é a Expoflora?


A Expoflora é a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, realizada anualmente em Holambra para dar as boas-vindas à primavera.
Apesar de contar com pouco mais de 14 mil habitantes, Holambra é o maior centro de cultivo e comercialização de flores e plantas ornamentais do país e responde por cerca de 50% das vendas do setor. Por isso, os mais de 400 produtores vinculados à Holambra aproveitam a Expoflora para mostrar aos visitantes as novidades em flores e plantas ornamentais, já que o evento é, hoje, a grande vitrine das novidades da floricultura nacional.
Em sua primeira edição, em 1981, o evento atraiu mais de 12 mil pessoas em um único final de semana. Hoje, mais de 300 mil turistas visitam o evento a cada ano.

 

Atrações


O evento conta com diversas atrações como a exposição de flores, onde milhares de hastes de flores e plantas são utilizadas na exposição de arranjos florais, projetos de jardim e paisagismo pelos melhores profissionais da área. Para conhecer a cultura holandesa, o visitante conta também com danças típicas, inspiradas na natureza, nas profissões e nas colheitas ou mesmo em histórias sobre a origem e as tradições do povo holandês, representados por meio de valsas, marchas, mazurcas e schots (que virou xote) e restaurantes e confeitarias típicos que oferecem o melhor da gastronomia dos Países Baixos. Para finalizar o dia, a expoflora realiza um espetáculo diário chamado chuva de pétalas, onde cerca de 150 quilos de pétalas de rosas são lançados no ar. Diz a tradição que quem pegar uma pétala no ar tem os seus desejos realizados.

 


Dias e horário de funcionamento

 

De 30 de agosto a 29 de setembro, de sexta a domingo, das 9 às 19h.

 

https://www.expoflora.com.br/

 

Comente e participe:


Cuidados caseiros para pele e cabelo utilizando a babosa

terça, 20 de agosto de 2019

Benefícios da Babosa

Vamos saber tudo sobre a babosa? Para muitos considerada a rainha das plantas medicinais, dada a sua grande amplitude de usos e benefícios. A babosa é o nome popular da Aloe Vera, uma planta também conhecida como Aloé Vera, Caraguatá e Erva babosa. Seu nome popular, babosa, se deve por sua característica gelatinosa (a baba).

A babosa é muito conhecida por suas propriedades calmantes, cicatrizantes, anestésicas, antitérmicas e anti-inflamatórias, além de ser ótima para hidratar o cabelo e cuidar da pele. Confira uma lista de usos caseiros para a babosa.

1. Tratar a queda de cabelo

A babosa ajuda na produção de colágeno e, por isso, ajuda a fixar melhor os fios de cabelo no couro cabeludo. Além disso, por possuir minerais e água, fortalece todo o fio, tornando-o mais forte e menos quebradiço.

Como usar: juntar 2 colheres (de sopa) de gel de babosa com 2 colheres (de sopa) de óleo de coco, misturar bem e aplicar sobre todo o cabelo. Deixar atuar por 10 a 15 minutos e depois remover com água fria e shampoo. Este processo apenas deve ser repetido 1 vez por semana.

 

2. Hidratar o cabelo e estimular o crescimento

A babosa possui enzimas que ajudam a remover as células mortas do couro cabeludo, além de ser uma ótima fonte de hidratação e minerais para os fios e couro cabeludo. Dessa forma, o cabelo cresce mais rápido e forte.

Como usar: juntar 2 claras de ovo com 2 a 3 colheres de sopa do gel interior das folhas da babosa, misturar bem e aplicar sobre o cabelo, garantindo que as raízes ficam bem cobertas. Esperar 5 minutos e remover com água fria e shampoo.

Imagem: id-art/iStock

3. Remover a maquiagem

A babosa é uma forma natural de remover a maquiagem da pele, pois não utiliza químicos e hidrata a pele, ao mesmo tempo que alivia a irritação provocada pelas substâncias da maquiagem.

Como usar: colocar um pouco do gel da folha da babosa em um pedaço de algodão e, depois, esfregar levemente sobre as regiões do rosto com maquiagem. Por fim, lavar o rosto com água morna e um sabão neutro.

 

4. Combater as rugas

Esta planta possui propriedades que estimulam a produção de colágeno pela pele, que é a substância responsável por manter sua elasticidade. Assim, quando utilizada regularmente, a babosa pode diminuir a profundidade das rugas e até eliminar algumas marcas de expressão, nos olhos, testa ou boca.

Como usar: aplicar, com os dedos, uma pequena porção de gel de babosa sobre os locais das rugas e marcas de expressão, como o canto dos olhos, ao redor dos lábios ou na testa. Fazer uma leve massagem sobre esses locais e deixar atuar por 5 a 10 minutos. Por fim, remover com água fria e um sabão neutro.

 

5. Limpar as camadas profundas da pele

A babosa funciona como uma excelente base para um esfoliante pois além de hidratar a pele, fornece oxigênio importante para manter as células mais profundas fortes.

Como usar: misturar 2 colheres (de sopa) de gel de babosa com 1 colher (de sopa) de açúcar ou bicarbonato de sódio. Depois, esfregar a mistura no rosto ou em outras partes mais secas da pele, como cotovelos ou joelhos, por exemplo. Remover com água e um sabão neutro e repetir 2 a 3 vezes por semana.

https://www.tuasaude.com/babosa/
https://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/20065-babosa
https://www.ativosaude.com/bem-estar/babosa/
https://www.selecoes.com.br/saude/aloe-vera-conheca-o-poder-curativo-dessa-planta/

Comente e participe:


Oro-pro-nobis

segunda, 19 de agosto de 2019

Oro-pro-nóbis

 

A Pereskia aculeata é um arbusto da família Cactaceae (cactos), mas seu nome mais popular é ora-pro-nóbis (do latim “ora por nós” ou “rogai por nós”). Muito utilizada em dietas veganas ou vegetarianas principalmente por seu alto teor de nutrientes, a ora-pro-nóbis faz parte do grupo das Plantas Alimentícias Nãos Convencionais (PANCs) e pode ser facilmente encontrada na região Sudeste, principalmente em Minas Gerais.

 

BENEFÍCIOS

Com alto valor nutricional e biológico, a oro-pro-nóbis é uma grande fonte proteica (aproximadamente 25% de sua composição) de origem vegetal, possui um alto teor de fibras, que ajuda no processo digestivo e intestinal, promovendo saciedade, facilitando o fluxo alimentar pelo interior das paredes intestinais, além de ajudar a recompor toda a flora intestinal. Isso evita os estados de constipação, prisão de ventre, formação de pólipos, hemorroidas e até tumores. Também é rica em vitamina C, vitamina A e ferro, fortalecendo o sistema imunológico e combatendo os radicais livres, além de ser uma grande aliada contra a anemia.
A ora-pro-nóbis também é conhecida por controlar o apetite, por conter triptofano, que contribui para sensação de saciedade, e melhorar a circulação, pois ajuda na fluidez do sangue. 

 

COMO CONSUMIR

 

As folhas e os caules são as partes mais utilizadas da planta na culinária. Ela pode ser adicionada em saladas, refogados para arroz, feijões, sopas, sucos e em massas, como tortas e pães.

 

 

https://www.ativo.com/nutricao/planta-ora-pro-nobis/

https://www.greenme.com.br/alimentar-se/vegetariano-e-vegano/6613-ora-pro-nobis-beneficios-propriedades

 

Comente e participe:


DIGITE SEU E-MAIL E RECEBA NOVIDADES!
OK

Desenvolvido por